Entendendo o catálogo de Touros LIC

Altos insumos (AI): índice LIC que indica a adaptação a sistemas intensivos de produção de leite, tanto confinados como semiconfinados. Quanto maior é o índice AI melhor é a adaptação.

Mérito econômico (BW) $: índice econômico, quanto maior o valor, mais lucrativa é a vaca no sistema de produção com pasto e como o leite é pago ao produtos na nova Zelândia.

Confiabilidade (%): mede a capacidade e a acurácia do touro em transmitir as suas características para as filhas quanto mais informações (mais filhas avaliadas) incluídas na avaliação, maior será a confiabilidade, que varia de 0 a 99% a média dos touros LIC são acima de 85%.

Produção de leite (LB): se refere a maior quantidade de libras de leite que as vacas produziram acima da média.

Gordura e proteína: índice (LBS) se refere a maior quantidade produzida acima da media, o índice (%) se refere a porcentagem que terá de proteína e gordura no leite.

Fertilidade: porcentagem acima de 70% que emprenharam as vacas em 42 dias de período aberto.

Longevidade (dias): são dos dias acima de 5,2 lactações que a vaca continuará produzindo na fazenda.

Células somáticas (CCS): cada 0,5 pontos serão 35.000 CCS, a média é de 200.000 CCS, números menores ou negativos são desejáveis.

Dificuldade de parto: estima a porcentagem de partos assistidas em novilhas prenhadas com este rouro.

Peso vivo: índice referente aos quilos para mais ou para menos de 470kg de peso vivo de uma vaca adulta.

Gestação (dias): é o índice de valor genético (BV) que avalia os dias a menos ou a mais de gestação da vaca, considerando 280 dias de prenhez.